Verge e Pornhub: por que apostar nesta parceria?


Depois do alvoroço que fizemos no grupo do Telegram, decidi escrever este artigo para comentar um pouco sobre a nova parceria da Verge com a Pornhub. Lembrando que fiz um artigo exclusivo sobre a Verge Currency esses dias mesmo, que você pode (e deve) conferir clicando aqui: O que é a moeda Verge? (Que pra mim, é a criptomoeda com função de moeda mais sedutora do mundo cripto).

Quando eu escrevi o texto da Verge, eu já sabia que haveria um anúncio sobre uma parceria no dia 17 de abril. Até então, haviam diversas especulações, muitas pessoas dizendo que essa parceria seria com alguma provedora de serviços de pagamento, como a PayPal ou MasterCard. Sem dúvidas, esta seria a maior realização para os amantes das criptomoedas. Isso porque seria a primeira vez em que uma criptomoeda estaria ali, "pau a pau" com os demais meios de pagamento que são aceitáveis por todas as pessoas, inclusive nossos pais, avós ou aquele tio que vive perguntando "e as namoradinhas, como estão?".

Mas não foi isso o que aconteceu e... as pessoas ficaram chateadas?! Não deveriam.

Você tá lendo este artigo e nem sabe o que é Pornhub? A Pornhub é uma empresa de entretenimento adulto. Sim, é exatamente isso o que você está pensando: agora dá pra fazer pagamentos para a Pornhub com a criptomoeda Verge, do mesmo jeito que você usa MasterCard, Visa, Amex ou qualquer outro cartão para comprar coisas online.

E você sabia que isso é uma vitória para as criptomoedas? Sabia que a Verge fez história? (Tô falando tão bem dessa moeda que eles deveriam me patrocinar #ficaadicaVerge rsrs).

A PornHub é um dos maiores sites de conteúdo adulto? Sim.

Por isso que a Verge se deu bem? Não.

Vou te explicar agora. Acompanhe o raciocínio: se você leu o artigo “O que é a criptomoeda Verge?” viu que esta moeda tem função de privacidade. Claro que existem diversas criptos com função de privacidade, mas a Verge levou muito à sério esta questão de anonimato, desenvolvendo o Protocolo Wraith e outras tecnologias, como o TOR ou ou o I2P.

O que seria mais conveniente para uma empresa de pornografia, do que um método de pagamento que possibilite o anonimato D E V E R D A D E? Sem registros no cartão de crédito, sem dados no extrato da conta bancária, sem vestígios, sem nada. Não dá nem para identificar que “fulano x” comprou ou já teve qualquer vínculo com o PornHub. Consequentemnete, torna-se muito conveniente para a PornHub e seus clientes.

Por outro lado, ignorando o ramo de atividade da PornHub e observando apenas de forma unicamente financeira, a PornHub faz parte de uma das maiores indústrias do mundo: a de entretenimento adulto, que movimenta não milhões, mas bilhões de dólares todos os anos. Uma criptomoeda estar dentro disso, pode levá-la à uma valorização muito alta. Reforçando: esqueça o ponto moral da PornHub, avalie pelo lado do dinheiro.

É a primeira vez que uma criptomoeda entra para a utilização real no mercado. Sim, eu sei, caros leitores, que existem diversos estabelecimentos que aceitam criptomoeda. Eu mesmo aceito pagamento em cripto para o clube privado To The Moon. O pagamento em cripto já existe, já é utilizado.O ponto que quero chegar é: a Verge pode (e deve) se orgulhar por ser a primeira criptomoeda a entrar como forma de pagamento em um ecossistema global. Mesmo estando em 23° lugar no CoinMarketCap, a Verge Currency conquistou algo que nem o Bitcoin, Ethereum ou Dash (que tambem tem função de privacidade), conquistaram. E é por isso que se o mercado continuar otimista, espero grandes valorizações nesta moeda.

Outro ponto positivo que podemos citar quanto à Verge e toda a comunidade que aposta nela, é que a rede ganhou nome e credibilidade e finalmente… finalmente os rumores sobre a Verge Currency ser um esquema, scam ou qualquer outra coisa duvidosa, acabaram.

“Mas então por que o preço da Verge caiu tanto após o anúncio com da parceria?”

Oras… com certeza muita gente estava esperançosa quanto ao parceiro da Verge ser alguma empresa financeira e quando o PornHub foi anunciado, essas pessoas não levaram em consideração os pontos levantados neste artigo. A queda não passou de uma volatilidade normal do mercado após essa grande expectativa que os usuários criaram - da qual a Verge não tem culpa alguma, uma vez que jamais tenha induzido sua comunidade a acreditar que fosse uma parceria com alguma financeira.

Obs.: enquanto escrevo este texto, a Verge apresenta sinais de valorização.

Analisando a criptomoeda agora, podemos ter uma visão de curto e longo prazo:

  • Curto prazo: a Verge Currency teve uma valorização de 300% em apenas duas semanas, sendo perfeito pra quem faz trade;

  • Longo prazo: repetindo, a Verge fez a primeira parceria realmente utilizável aqui no mundo real, tornando a perspectiva para o futuro muito boa, baseando-se em uma análise fundamental.

Vale lembrar que a Brazzers também entrou nesta onda e fechou parceria com a Verge. Há ainda outras empresas que pretendem começar a utilizar esta criptomoeda, sendo para solucionar a questão do anonimato ou para diminuir as taxas cobradas em transações, como as comissões da bandeira do cartão de crédito.

Olhando ainda pelo aspecto geral, posso dizer que à medida que mais e mais empresas - independente do ramo de atuação - forem aceitando Verge, maior será o interesse por esse novo meio de pagamento. E então outras companhias farão parcerias com outras criptomoedas e cada vez mais este ecossistema será implementado e desenvolvido, até o dia em que as criptos serão as coisas mais normais do mundo. Fique feliz, meu amigo! Estamos vivendo em uma época onde haverá uma revolução usando a tecnologia Blockchain. Isso é bem representado em um vídeo sobre a parceria da Verge com a PornHub, que você pode assistir clicando aqui ou na imagem abaixo.

Qual sua opinião sobre essa parceria e quais são seus sentimentos/ análise quanto o futuro das criptomoedas após a primeira utilização real para pagamentos, conquistada pela Verge? Conte para nós no nosso grupo do Telegram, juntando-se aqui ou clicando na imagem abaixo.

#Altcoins

0 visualização