980X90 (1).gif

O que é um contrato inteligente?


Olá, queridos leitores do Aprender sobre Bitcoin! Hoje venho detalhar o que é um contrato inteligente. Sempre ouvimos falar sobre os famosos “Smart contracts”, seja quando vemos algo da plataforma Ethereum, ou quando vemos uma nova ICO prometendo uma plataforma que dentre tantas utilidades, executará smart contracts. Parece ser muito óbvio, mas você sabe o que é e como funciona um contrato inteligente ou smart contract? Então acompanhe a leitura. Mas antes, pra entender direitinho o assunto, recomendo a leitura do texto: “O que é Blockchain?”.

O que é um contrato inteligente?

Se você for lá no site da Wikipedia, encontrará essa definição: “Um contrato inteligente (em inglês: smart contract) é um protocolo de computador auto executável, criado com a popularização das criptomoedas, feito para facilitar e reforçar a negociação ou desempenho de um contrato, proporcionando confiabilidade em transações online. Com objetivo principal de permitir que pessoas desconhecidas façam negócios de confiança entre si, pela internet sem a necessidade de intermédio de uma autoridade central.” QUÊ?

Calma, calma... vamos traduzir essa definição: um contrato inteligente é um protocolo de computador, ou seja, é uma programação por códigos que se auto executa. Se ele já está programado para executar determinada ação, não precisa ninguém ir lá ficar dando “OK”, “ENTER”, “VAI”, etc, ele faz exatamente aquilo para o que foi programado. Isso é muito bom para promover a confiabilidade entre transações de pessoas desconhecidas por Internet, sem precisar de uma autoridade central ou terceira pessoa para mediar a negociação. Por exemplo:

“Vou comprar um terreno de R$ 50.000. Fiz uma negociação com o proprietário deste terreno, onde darei uma entrada de R$ 10.000 e o restante, em 40x de R$ 1000”.

No modelo tradicional, precisaríamos de um contrato onde o dono do terreno, eu e todas as demais partes envolvidas, teríamos que nos encontrar para dar nossas assinaturas e pelo menos um de nós comparecer ao cartório onde tudo isso seria registrado e firmado – afinal, somos dois desconhecidos e não confiamos um no outro. O cartório se encarregará de manter a confiabilidade da negociação. Já no modelo de contrato inteligente, seria tudo bem mais simples: enviar e receber valores seria mais fácil, pois não haveria a chata burocracia para uma transferência de R$ 10.000, por exemplo. Os termos do contrato - contendo todas as regras da negociação - e as assinaturas de todos os envolvidos, acontecem tudo de forma digital, através da Internet. Você nem precisaria sair de casa .

Como um contrato inteligente funciona?

Um smart contract deve tratar mais do que apenas uma transferência de valor. Isso a gente já faz no mundo real via TED, DOC, ou simplesmente dando o dinheiro na mão de uma pessoa. No mundo cripto, transferência de moeda também não é um contrato inteligente, é só você ir até sua wallet e clicar em “enviar X Bitcoins para fulano”. Então, um pra ser considerado um contrato inteligente, é preciso ter mais:

  • As partes envolvidas no negócio - pelo menos duas;

  • Regras do acordo;

  • Benefícios;

  • Obrigações;

  • Consequência do não cumprimento das regras;

  • Penalidades.

Ao invés de tudo isso ser escrito de forma jurídica, esses parâmetros vão para o contrato inteligente escritos na linguagem de programação para que um computador possa fazer a execução. Todo contrato precisa de uma assinatura, certo? Não seria diferente com o smart contract, que também precisa ser assinado. Entretanto, essa assinatura se dá por meio de uma chave criptográfica privada (private key), o que possibilita a interação com um código escrito em uma blockchain.

Hoje, o melhor local para se firmar um contrato inteligente é dentro da plataforma Ethereum, que possui código aberto, tendo foco exatamente na disponibilização de uma rede descentralizada, onde qualquer pessoa possa desenvolver sua própria aplicação distribuída. Todavia, ressalto que não existe apenas a Ethereum que disponibiliza este serviço - existem dezenas de plataformas com essa função, sendo a Ethereum a principal delas.

DAO - Descentralized Autonomous Organization

Conforme acabei de falar, muitos aplicativos descentralizados têm sido lançados usando a blockchain da Ethereum ou blockchain própria. Mas, é possível notar que cada vez mais a complexidade de um contrato inteligente têm aumentado. Veja, por exemplo, alguns projetos e ICOs que tenho postado no site: é e-commerce, compartilhamento de genomas, rede social, ecossistema financeiro, enfim, uma infinidade de coisas que já temos no mundo real, passando para o mundo blockchain.

Desta forma, cada vez mais ideias surgem, criando um ecossistema complexo onde os contratos inteligentes possam inclusive, conversar entre si. É assim que nasce o conceito DAO: Organização Autônoma Descentralizada.

Chegamos ao DAO quando inúmeros contratos inteligentes interagem entre si, tornando possível uma empresa oferecer seus serviços de forma completamente autônoma e virtual, ou seja, sem a intervenção humana em etapas cruciais para a execução do negócio. A implementação da DAO está nascendo, principalmente quando vemos exchanges descentralizadas, como a própria Local Coin Swap que postei esses dias (veja aqui em texto e aqui em vídeo). Nesse tipo de exchange, é possível trocar criptomoedas de forma descentralizada, ou seja, em uma estrutura onde não requer uma empresa comandando tudo. Alguns dos inúmeros benefícios deste modelo:

  • Privacidade;

  • Confiabilidade;

  • Os códigos computacionais são capazes de automatizar decisões através de assinatura digital;

  • É possível evitar falha humana;

  • Evitar pontos de ataque central;

  • E claro: taxas mais baixas, pois tudo acontece através de contratos inteligentes.

Você já sabia da importância dos contratos inteligentes dentro do mundo cripto e o quão necessário são para que possamos implementar este mundo virtual, no mundo real? A blockchain é a nova tecnologia, podendo ser utilizada em inúmeros casos do nosso dia a dia. Imagine um cartório de registros, todo em blockchain? Seria genial!

Se você pudesse desenvolver um projeto cripto, no que utilizaria seus contratos inteligentes? Conte-nos no grupo do Telegram, acredito que vai dar uma conversa boa! Para te inspirar, dê uma olhada nos projetos abaixo, que pretendem utilizar esta tecnologia tão maravilhosa no nosso dia a dia.

  • LocalCoinSwap - exchange descentralizada que distribui os lucros da plataforma;

  • BDXcoin - plataforma para lançar ICOs, que distribui dividendos;

  • Howdoo - uma rede social que tem tudo para derrubar até o Facebook;

  • Shivom - plataforma de compartihamento de genomas;

  • Storiqa - e-commerce blockchain no modelo Mercado Livre;

  • Stellar - serviços financeiros ao redor do mundo.

Junte-se a nós no grupo do Telegram clicando aqui ou na imagem abaixo! ;)


781 visualizações
Green Coin Br Investin.jpg
  • Instagram ícone social
  • TELEGRAM
  • Facebook
  • Twitter

CNPJ: 37.932.004/0001-18

Rua Conceição, 233, sala 916. Centro.

Campinas, São Paulo - Brasil

contato@aprendersobrebitcoin.com