Os volumes de compra e venda na análise de tendência de criptomoedas


Olá pessoal! Este post foi feito especialmente para quem quer entender mais sobre a análise de tendência de criptomoedas. Se você já faz parte da comunidade aqui do site Aprender Sobre Bitcoin ou do meu canal do Youtube, já viu que tenho postado alguns conteúdos sobre análise técnica, sobre a forma correta de interpretar os gráficos, tendência de subida e alta, etc. O problema é que muitas pessoas acabam se prendendo apenas aos gráficos e não olham os volumes de compra e venda. “Ah, Pedro! Mas isso é muito óbvio! Se tem muita gente vendendo, o preço da moeda vai cair e se tem muita gente comprando, então o valor vai decolar! Não é?”

Não, não é! Eu já falei sobre este assunto no Youtube é isso que vou explicar no post de hoje! Se você quiser ver o vídeo, clique aqui. Não esqueça de curtir e se inscrever no canal!

Lei da Oferta e Demanda

Você já deve ter ouvido falar sobre a Lei da Oferta e da Demanda, certo? Esse é um dos conceitos mais conhecidos e acreditados para colocar preço nas coisas e funciona de forma bem simples: quanto mais Oferta (produtos disponíveis no mercado), menor o preço a ser cobrado por eles. Quanto mais Demanda (pessoas querendo o produto), maior o preço. Mas por que isso acontece?

Observe que se eu tiver muito produto disponível no mercado, será muito fácil para as pessoas comprarem. Tem no mercado X, no mercado Y e no mercado Z e esses mercados concorrem entre si para fazerem o preço mais barato para vender. Só que se o produto for escasso, haverá pouco produto pra muita gente, o que dá poder ao vendedor de ter a clientela “na mão”, ou seja, ele pode cobrar o quanto quiser, pois se um consumidor não quiser pagar uma fortuna no produto, outro com certeza pagará. “Isso também acontece com as criptomoedas?” Sim! Mas não são os volumes que dirão isso!

Os volumes de venda como indicadores de subida para criptomoedas

Em toda boa exchange, existe um gráfico com a relação de preço do par a ser negociado e logo abaixo, o livro de vendas e compras, com seus respectivos volumes. Vamos usar aqui no nosso exemplo, a Bittrex, que além de ser uma bolsa gigante globalmente, possibilita o acesso a esses dados sem ter que fazer login. Então vamos pegar o par BTC-XLM, que no momento em que escrevo este texto, está em alta de 8,9%. Olhando abaixo do gráfico de velas, temos o livro de ordens de compra e de venda. Observe que a quantidade equivalente em Bitcoins é muito maior na parte das vendas, ou seja, existem mais pessoas querendo comprar do que vender. E é aqui que vem a confusão: ter esse monte de ordem de venda a mais, pode significar a tendência de subida, não de queda!

Como o preço da criptomoeda está subindo, os detentores de Lumens colocam diversas ordens de venda com o preço acima do mercado, esperando que atinjam aqueles valores para obterem lucros. Então vamos supor que 1 XLM valha 0,00003750, eu poderia colocar uma ordem de venda de minhas criptomoedas a 0,00003900 ou qualquer outro preço, assim, quando o Lumen chegar ao valor estipulado por minha ordem, ela será automaticamente executada. Por isso, é completamente normal vermos um grande volume de vendas quando a tendência de uma moeda é subir.

E quanto aos volumes de compra? Indicam uma queda no mercado?

Depois de tudo o que falei aqui, o mais lógico a pensar é que o inverso acontece do lado dos volumes de compra, certo? Sim!

Muitos compradores têm noção de que o preço daquele ativo irá cair e por isso, buscam comprar a criptomoeda pelo menor preço possível, sempre puxando para baixo. Quando o mercado está em queda, o comprador já coloca suas ordens de compra, para que quando aquele nível seja atingido, a ordem seja executada. Neste caso, os valores transacionados no livro de compras, será maior. Veja o nosso exemplo abaixo, onde o volume de compras em Ethereum é bem maior (em Bitcoins) do que o volume de vendas, isso porque enquanto escrevo o texto, o ETH está com um índice de -4,2% de queda.

Embora sejam números valiosos para analisar a tendência do preço de uma moeda, os volumes devem estar associados a uma leitura completa do cenário onde aquele ativo está inserido. Por isso, disponibilizo aqui para vocês alguns links para artigos sobre análise técnica para iniciantes, para que os leitores consigam fazer sozinhos seus próprios trades:

Mas enquanto vocês não estão craques no trading, podem contar comigo no Clube To The Moon. É onde coloco todas as minhas ideias para lucrar com criptomoedas, fazendo uma análise técnica daquilo que acredito que irá valorizar, utilizando sempre minha experiência internacional de mais de 20 anos no mercado financeiro. O To The Moon costumava ser pago, mas liberei por algum tempo para meus leitores irem aprendendo, então aproveite a oportunidade e corre lá: Clube de investimento To the Moon.

Eaí, ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Parece ser difícil de entender, mas depois que você faz algumas compras e vendas, se torna fácil analisar essas ordens de compra e venda. Mas se vocês precisarem de qualquer ajuda, me chamem lá no grupo do Telegram, onde estou sempre conversando com o pessoal, dando opiniões, postando oportunidades de ganhar algum dinheiro e respondendo perguntas. Junte-se ao grupo clicando aqui ou na imagem abaixo! ;)

#análisetécnica

0 visualização

CNPJ: 37.932.004/0001-18

Rua Conceição, 233, sala 916. Centro.

Campinas, São Paulo - Brasil

contato@aprendersobrebitcoin.com