Quais as principais diferenças entre um trader e um investidor?

Atualizado: 31 de Dez de 2019


Trader e investidor não são as mesmas coisas! Ambos mexem com ações, criptomoedas ou quaisquer outros ativos que possam trazer lucros, usando sempre a tática de “fazer dinheiro com dinheiro”, mas não há dúvidas: são diferentes! Já postei um texto uma vez falando sobre investir ou fazer trading (você pode ler este post aqui “Trader ou investidor, qual é melhor?”), mas hoje quero esclarecer para vocês as principais diferenças entre estes dois papéis na valorização de ativos.

O que o investidor faz?

Investidor não é a pessoa que guarda dinheiro em casa, no colchão ou na poupança (primeiro que poupança nem é investimento – fica a dica aqui para vocês). O investidor, acreditem ou não, INVESTE nas coisas (ah vá!!!). Ele pega seu precioso dinheiro e faz um investimento visando que aquela aplicação trará mais valor para o negócio, tornando-o mais rentável.

Exemplo 1: um psicólogo pode atender adultos, adolescentes e crianças. Vamos supor que a psicóloga Kelly tem um consultório decorado com a temática infantil para atender as crianças. Tem brinquedos, personagens e muitas cores por todos os lados de sua sala. Kelly atende 30 crianças por mês, mas ainda sobra horários vagos em sua agenda. Então ela tem a brilhante ideia de se mudar para uma sala maior e dividi-la, fazendo um espaço para atender as crianças e outro espaço, os adultos. A sala maior é mais cara, a reforma dessa sala custará dinheiro e para a nova decoração e móveis para o espaço dos adultos, também será necessário desembolsar uma grana. Só que com esta reforma, Kelly vai agregar mais valor ao seu trabalho, pois além de atender crianças, atenderá os pais dessas crianças também e de 30 pacientes, Kelly terá o dobro, o triplo, ou seja, vai ganhar mais dinheiro no final do mês!

Exemplo 2: estudos. Sim, é muito caro estudar, gastar combustível até a escola, pagar a faculdade, o curso de idiomas, a pós-graduação, o lanche na cantina, etc. Mas quanto mais experiência e conhecimento você tiver, mais poderá cobrar por sua hora de trabalho, pois só você saberá fazer tão bem determinado serviço que as pessoas vão preferir pagar mais caro só para ter o resultado que esperam.

Enfim, podemos dizer que o investimento é desembolsar um dinheiro com o objetivo de agregar valor e se beneficiar no futuro, que pode ser de curto, médio e longo prazo. Quando um investidor compra ações de uma empresa, ele se torna um sócio daquela companhia, que por sua vez, usa esse dinheiro para crescer. Outra coisa que diferencia o trader do investidor, é que este último aplica seu capital e “o esquece” lá. Ele tem a convicção de que se nada acontecer nos primeiros dias, semanas ou meses, uma hora seu dinheiro será valorizado. Isso pode dar muito certo ou muito errado, depende da análise que for feita. Mas resumindo, o lucro do investidor vem do dinheiro que a empresa conseguiu fazer, seja como valorização de seu ativo ou como dividendos.

Como são as atividades do trader?

O trader é a pessoa que fica atrás da tela do computador olhando a oscilação de preço dos ativos. Sabe aquele cara na praia, naquele Sol, cheiro de porção de camarão e ele tá lá segurando o notebook olhando para um gráfico de velas? Esse cara é um trader esperando entrar ou sair do mercado com bons lucros.

Basicamente a operação do trader é comprar um ativo com o preço baixo e vende-lo mais caro, faz a compra quando o mercado está em queda e vende a criptomoeda quando seu valor alcança sua máxima em um determinado período. Só que raciocina aqui comigo: de onde vem o lucro do trader? Do bolso de alguma pessoa. O trader não faz investimento em uma criptomoeda, ação ou ativo, esperando agragar valor: ele aproveita sua oscilação de preço.

Exemplo 1: Carlos comprou 1 Bitcoin por R$ 25000. Só que aí o preço começou a cair, cair e cair e ele ficou com medo de perder tudo, então resolveu vender seu BTC quando o preço chegou em R$ 20000. Ele perdeu R$ 5000, certo? Para onde vocês acham que esse dinheiro foi? Foi para o João que aproveitou essa queda e comprou o Bitcoin por R$ 19000 e vendeu quando a moeda subiu para R$ 24000.

Exemplo 2: Luciana comprou 1 Bitcoin por R$ 20000. Passaram-se 2 meses e a moeda começou a apresentar uma subida de preço. Quanto mais pessoas comprando a altcoin, mais vai subindo seu preço (pura lei de oferta e demanda: quanto mais escasso um bem, mais caro ele fica). E então as pessoas foram empurrando pra cima, pra cima, pra cima o preço do Bitcoin até que bateu os R$ 35000. Luciana então analisa o mercado e conclui que o Bitcoin não vai subir mais que isso, consequentemente, ela vende seu ativo e lucra R$ 15000, que veio direto do bolso de alguém que comprou sua moeda por R$ 35000.

Você consegue enxergar essa diferença? Os traders não agregaram valor ao produto, não o fizeram render mais, apenas aproveitaram da subida e descida de um ativo para lucrar. Porém, não pense que é fácil: o trader perde muito mais dinheiro que o investidor. Basta um sinal em falso ou uma interpretação errada de gráfico ou mercado e tchau! Só que por outro lado, as quantias ganhas pelo trader são maiores e mais rápidas do que as que o investidor ganha, tudo depende de tomar as decisões certas nos momentos certos. Uma outra coisa que você precisa saber é: a mesma pessoa pode ser ambos, trader e investidora. Você pode investir em ações, mercado imobiliários, CDB, LCI, Tesouro Direto e qualquer outra coisa, inclusive em criptomoedas – aliás, quem foi que falou que só trader trabalha com cripto? ICO, meus amigos, é um investimento e não um trading. Na ICO você empresta seu dinheiro para que um projeto possa sair do papel e se desenvolver e no futuro, você pode receber dividendos, juros, comprar moedas da rede baratas para quando o projeto for concluído, se valorizar e você poder vender as altcoins compradas, etc. Você pode ver mais sobre as ICOs aqui:

E quanto ao trader, ele não faz trading apenas com altcoins, faz com ações também! Só que no caso do trader, essa atividade ficou mais famosa com a ascenção das criptomoedas devido sua alta volatilidade de preço, mas o trader sempre existiu assim como a análise técnica de ativos. Vale lembrar que assim como os investidores, existem também os perfis de um trader: o conservador, o moderado ou o ousado. E você, qual sua modalidade de operação e perfil de risco? Conte para nós suas estratégias no mundo cripto lá no grupo do Telegram. Clique aqui para se juntar a nós e seja bem vindo! ;)

#investimento

88 visualizações

Escolha a forma de pagamento mais conveniente e clique no botão.