Conheça a plataforma MAKER: o que é e como funciona? Para que serve o DAI?


Você já deve ter ouvido falar sobre os ativos digitais mais populares, como Bitcoin (BTC) e Ether (ETH) - afinal, você está aqui para aprender sobre eles - e o quão grande é sua oscilação de preço, sendo voláteis demais para serem utilizados como moeda no dia a dia. O valor de um Bitcoin pode aumentar ou diminuir até 25% no mesmo dia e, às vezes, subindo mais de 300% em um mês! Comércio agitado, não é mesmo? É tentando resolver esse cenário que a Dai foi criada, pois a Dai é uma moeda virtual com garantia, onde o valor é considerado estável em comparação com o dólar americano. "Mas peraí, Pedro! Que DAI? Você não ia falar sobre a plataforma Maker?". Calma, querido leitor, é que o DAI é o ativo da plataforma Maker. Aguenta um pouco que já te explico tudo!

Acredita-se que ativos digitais que são estáveis como a criptomoeda Dai, são indispensáveis para obter todo o potencial da tecnologia Blockchain (que define-se como uma tecnologia de registro distribuído que objetiva a descentralização como uma medida segura. Para saber melhor sobre o que é Blockchain, clique aqui para ler um post exclusivo sobre esse tema).

Pensando justamente nessa questão sobre estabilidade, apresento a plataforma Maker, que é uma matriz de contratos inteligentes na Ethereum que, garante e estabiliza o valor do Dai através de um sistema dinâmico de posições de dívidas que possuem garantia, os chamados Collateralized Debt Positions (CDPs), que são mecanismos de retroalimentação autônomos. Ou seja, a plataforma existe para manter o preço do DAI sempre igual ao Dólar. Em palavras mais simples ainda posso dizer: 1 DAI = 1 Dólar.

A Maker possibilita que qualquer pessoa faça uso de seus ativos em Ethereum para gerar Dai na plataforma. Após ocorrer a geração de dados, o Dai pode ser usado da mesma forma que qualquer outra criptomoeda: pode ser transferido para outras pessoas, usado como pagamento de bens e serviços ou guardado como uma poupança de longo prazo. É importante salientar que, a geração de Dai também cria componentes necessários para uma matriz robusta e descentralizada de negociação.

Qualquer pessoa que possua ativos pode utilizá-los para gerar o Dai na plataforma Maker, através dos contratos inteligentes exclusivos da Maker, os CDPs (que em tradução livre seria: Posições de Dívida Garantidas).

Os CDPs detêm ativos depositados por um usuário e permitem que esse usuário gere o Dai, mas a geração também acumula dívida. Essa dívida efetivamente bloqueia os ativos de garantia depositados dentro do CDP até que seja posteriormente coberta pelo pagamento da quantia equivalente. Neste momento, o usuário poderá retirar todas as suas garantias da plataforma. CDPs ativos são sempre garantidos em excesso, o que significa que o valor da garantia é maior do que o valor da dívida.

O token Maker disponibiliza para os seus investidores, o direito de votação para a realização de determinadas ações de gerenciamento de risco, como incluir um novo tipo de CDP, com exclusividade nos parâmetros de risco visando um novo tipo de garantia, eles também possuem a oportunidade de modificar os tipos de CDP existentes. Além disso, o MKR funciona dentro da plataforma para valorização, proteção e ainda para pagar taxas e o "empréstimo" feito no CDP.

Onde comprar DAI

Você pode encontrar negociações com DAI em diversas exchanges. Para ver uma lista dessas plataformas e qual o volume de transação e pares de compra/venda com DAI, você pode ir até o site do CoinMarketCap e clicar na aba "Markets". DAI por exemplo, pode ser comprado na HitBTC, Bibox, KuCoin, etc.

Onde comprar MKR (Maker)

Da mesma forma que você pode ver os mercados do DAI, é possível analisar onde fazer suas negociações e quais pares disponíveis nas exchanges. Como exemplo, posso dizer que o MKR pode ser negociado na OKEx, KuCoin, Bibox e HitBTC.

Vale a pena negociar com MKR e DAI?

Veja bem, a ideia de manter uma criptomoeda com preço estável é bem sedutora, pois sofremos muito com a oscilação de preço do Bitcoin e as demais altcoins. Não é um sistema completamente robusto e possui suas falhas sistêmicas, mas a ideia é muito boa. Aparentemente, as pessoas se mostram interessadas no projeto, pois a MKR já está em 14° lugar no ranking de capitalização do mercado, movimentando quase US$ 90 milhões nas últimas 24 horas.

Agora, quando analisamos o gráfico do DAI, podemos ver duas coisas bem interessantes: o valor do token realmente se mantém estável, oscilando apenas entre US$ 0,92 e US$ 1,05. É pouquíssima variação para mais de 1 ano de existência, o que me indica que sim, a plataforma Maker consegue estabilizar o preço de sua criptomoeda. Além disso, a linha azul do gráfico representa a capitalização de mercado. Veja que desde seu lançamento, o DAI se tornou ainda mais popular nas transações do mundo cripto.

Entretanto, pense comigo: já existe uma outra criptomoeda com a função de ser estável e equivalente ao Dólar: o Tether e este é bem mais conhecido e aceito nas exchanges globais. Digo isso porque hoje, o Tether está em 9° lugar no ranking de capitalização de mercado segundo o CoinMarketCap, movimentando cerca de 3,5 bilhões (sim, bilhões) de dólares no último dia. Isso tudo contra o 62° lugar: o DAI, que nas últimas 24 horas bateu quase 5 milhões de dólares em volume. É difícil competir, mas não impossível. Veja aqui o que é e como funciona o Tether.

Se você se interessou pelo projeto da Maker, então você pode acompanhar e entender melhor sobre suas funcionalidades nas redes sociais (infelizmente, não tem muito conteúdo em português, apenas inglês e espanhol):

Você já conhecia essa plataforma e a estabilidade do token DAI? O que você achou do projeto? Acredita que um dia o DAI possa bater o Tether? Venha no chat do Aprender sobre Bitcoin lá no Telegram e nos dê sua opinião. Lá nesse grupo, nós sempre compartilhamos experiências, tiramos dúvidas e debatemos sobre tudo o que esteja envolvido no mundo cripto. Junte-se a nós clicando aqui ou na imagem abaixo! ;)

#Token

277 visualizações

Escolha a forma de pagamento mais conveniente e clique no botão.