Agora você pode recarregar os créditos do seu celular Claro com tokens ETN ou ter o smartphone da El

Atualizado: 30 de Dez de 2019


Queridos leitores do site Aprender Sobre Bitcoin, hoje vou falar mais uma vez sobre uma cripto que eu já mencionei antes: a Electroneum. Quem é membro lá do grupo do Telegram, com certeza viu a conversa que tivemos sobre essa moeda, principalmente sobre a novidade publicada nesta semana pela empresa: que agora você pode colocar créditos no seu celular da operadora Claro, usando Electroneum (ETN).Se você nunca ouviu falar sobre a Electroneum antes, aconselho alguns posts para você entender tudo o que eu vou postar aqui hoje:

Como você viu no post sobre o que é a Electroneum, essa criptomoeda foi feita para uso fácil em smartphones, tanto que sua mineração pode ser feita na nuvem através do seu celular. A recompensa tem sido de US$ 3/ mês para quem se compromete nesta mineração por um protocolo único chamado PoR, que é a Prova de Responsabilidade.

O seu saldo em ETN (tanto o que você recebe de recompensa, como os que você compra ou minera), agora podem ser usados também para comprar créditos na operadora Claro no Brasil todo! Diretamente pelo app você pode fazer essa compra de pacotes de voz e de Internet. Esta ação visa alcançar a adoção em massa da Electroneum, afinal, todo mundo tem um celular e todo mundo precisa pelo menos de um pacote de dados para poder usar a maioria dos aplicativos que o dispositivo oferece.

E já que o Brasil possui mais de 200 milhões de habitantes e 230 milhões de smartphones (isso mesmo, mais de 1 por pessoa), torna-se atrativo a adoção em massa do país, certo? Ainda mais para algo tão rotineiro quanto colocar créditos no celular para navegar na Internet! Outro fator que ajudou a Electroneum a escolher o Brasil para fazer essa expansão foi o fato de que o país ainda é jovem, tendo a média de faixa etária em 32 anos.

Richard Ells, CEO da Electroneum acredita que "O Brasil tem as condições ideais para a expansão da nossa comunidade, que já conta com mais de 3,1 milhões de pessoas. É somente o início da nossa expansão para os países em desenvolvimento!".

Além disso, Ells também comenta o quão significante é a parceria de uma criptomoeda na área de telefonia: "Isso marca uma nova era para nós e para a indústria de criptomoedas em geral. Estamos investindo em talentos e P&D (pesquisa e desenvolvimento) para liderar o caminho na adoção em massa. Já temos um case de sucesso na África do Sul e agora queremos trilhar o mesmo caminho no Brasil e em outros países que serão anunciados ao longo de 2019.".

Smartphone da Electroneum

E já que estamos falando de fazer recarga de celular, por que não falar também do smartphone da Electroneum? "Como assim, Pedro? Smartphone da Electroneum?".

Pois é, a empresa desenvolveu um smartphone Android para um melhor desempenho da moeda no aparelho e ao mesmo tempo, você pode usar todos os apps que você normalmente utiliza.

No texto que eu fiz explicando sobre a Electroneum (se você ainda não leu, veja aqui: o que é a Electroneum), eu comento que essa é uma criptomoeda feita para ser minerada de forma fácil, à partir de um smartphone. No entanto, dependendo do celular que você estiver utilizando, o mesmo pode apresentar lentidão ou ficar travando. Então, se você sofria com este problema, agora com o smartphone próprio da ETN você pode minerar de forma otimizada seus tokens ETN e ainda contiuar usando o aparelho normalmente. Abaixo apresento as especificações técnicas do smartphone Electroneum.M1, mas antes sugiro a leitura do artigo "O que é mineração", para que você entenda direito esse negócio de mineração mobile.

Especificações técnicas do smartphone Electroneum.M1

  • Sistema Operacional: Android 8.1 Go Edition;

  • Performance: Quad Core 1.3Ghz, 1GB Ram;

  • Armazenamento interno: 8GB, expandível para 64GB;

  • Tela: 4.5” Touchscreen

  • Conectividade: 4G LTE (FDD) - Dual Sim - WIFI (B/G/N) - Bluetooth 4.0 - GPS;

  • Câmeras: 5MP, frontal 2MP;

  • Bateria: 1600 mAh - 72 horas em standby ou de 6 a 8 horas quando em ligação;

  • Tamanho: 143.5 x 66.0 x 8.0 mm;

  • Garantia: 1 ano;

  • Certificação: ROHS, CE, GMS, MADA.

"Memória interna de 8 gB? Câmera principal de 5 MP e a frontal de 2? Pedro, você tá ficando louco? Esse celular não é bom!".

Realmente, não é dos melhores aparelhos não. Sua configuração é bem básica e foi construído pensando mais nas funcionalidades para a Electroneum, como o serviço embutido de wallet que já vem no dispositivo. Porém, não estou recomendando a compra, só quero que meus leitores saibam que este aparelho existe e que vai da avaliação de cada um para o seu propósito. De qualquer forma, o preço do aparelho é compatível com suas especificações: 80 USD, que dá mais ou menos R$ 320 (sem contar o frete, é claro). Para incentivar o uso do Electroneum.M1 e a mineração em nuvem da moeda, a empresa tem recompensado seus mineradores com 3 USD/ mês.

Se a mineração em nuvem da Electroneum vale a pena ou não, somente você poderá dizer. Depende do quanto você acaba "pagando" para essa mineração, como: o dipositivo a ser utilizado, energia elétrica para carregar o dispositivo, pacote de Internet, taxas e etc. E então você compara com quanto está conseguindo "ganhar" da sua mineração. Não sou especialista neste assunto, mas você pode conversar com nossa comunidade de mineradores no fórum público ou no grupo do Telegram! Junte-se a nós!

#Altcoins

0 visualização

CNPJ: 37.932.004/0001-18

Rua Conceição, 233, sala 916. Centro.

Campinas, São Paulo - Brasil

contato@aprendersobrebitcoin.com