Brazilian Digital Token: conheça a primeira stablecoin atrelada ao Real!

Atualizado: 30 de Dez de 2019


Provavelmente você já ouviu falar sobre o Tether, ou então, já viu nas exchanges a sigla USDT, que é a criptomoeda que tem o mesmo preço do Dólar. Mas se você nunca ouviu nada sobre esse negócio de "Tether", então sugiro a leitura do artigo: "O que é e para que serve o Tether?". Mas resumindo: 1 Tether = 1 Dólar e isso ajuda muito a vida dos usuários de criptomoeda! E agora, para a alegria de quem trabalha com o Real, haverá o Brazilian Digital Token, uma stablecoin onde: 1 BRZ = 1 Real !

O que é uma stablecoin?

Já que hoje nosso post é sobre uma stablecoin, nada mais justo que eu explicar como a BRZ funciona, certo? A moeda não terá fins de rentabilidade, ou seja, você não deve pensar em comprar uma quantidade de BRZ agora para vender daqui 1 ano por um preço mais alto e lucrar. Isso não vai acontecer, afinal, a BRZ foi desenhada para ser uma moeda estável, não sofrendo com a volatilidade do mercado. A BRZ é considerada uma stablecoin porque seu preço é programado para estar sempre o mais próximo possível do R$ 1, para isso, a moeda é lastreada em uma cesta de outras moedas. Desta forma, para cada BRZ que estiver em circulação, haverá a mesma quantidade do outro lado, seja em Reais ou em outros ativos financeiros em moeda brasileira.

Para que serve a Brazilian Digital Token?

Se a finalidade da BRZ não é a especulação, então para que essa criptomoeda serve no mercado cripto? Se você usa ou já usou o Tether (USDT), então você usará o BRZ da mesma forma, só que ao invés de pensar em Dólar para comprar uma criptomoeda "X", você pensará em seu valor em Reais. O BRZ tem a intenção de ajudar os usuários cripto do Brasil, que é um dos países que mais tem investidores em criptomoeda, facilitando a operação nas exchanges como se fosse na moeda local. Na prática, podemos analisar o seguinte: só no CoinMarketCap, temos mais de 2300 moedas diferentes cadastradas e para ter a maioria delas, precisamos primeiro comprar Bitcoins para depois trocar pela moeda que temos interesse. Só que nisso, passamos pela volatilidade do mercado, taxas das trocas de moedas e o tempo, que é precioso demais para os traders que por sua vez, não podem perder uma boa oportunidade onde na maioria dos casos, dura por poucos minutos.

Segundo Thiago Cesar, CEO da Transfero Swiss (empresa que lançou o BRZ):

“(...) para quem gosta de fazer um hedge (proteção), o BRZ é um ótimo ativo! (...) O BRZ vai permitir que os brasileiros explorem o mundo das criptomoedas sem as limitações de liquidez características do mercado nacional, usando a tecnologia blockchain como alternativa ao sistema financeiro tradicional.”

  • Se você não sabe o que é Blockchain, clique aqui para ver.

Abaixo, um vídeo do canal da InfoMoney: “Trump vs. Criptomoedas: Presidente dos EUA é uma ameaça ao Bitcoin?” onde no minuto 12 e 45 segundos, ele fala sobre o BRZ.

Em quais exchanges o BRZ está disponível?

O ideal é que pelo menos todas as exchanges brasileiras que aceitam depósitos e saques em Reais, comercializem o BRZ. Mas até o momento, temos a informação (tirada do próprio site do Brazilian Digital Token), que o BRZ está disponível na:

  • BitForex;

  • Bittrex;

  • Union Trade;

  • Simex;

  • ZBX;

  • 3RZ;

  • Transfero Liechtenstein.

E segundo o CoinMarketCap, temos as negociações na Bittrex e BitForex, movimentando pouco mais que o equivalente a US$ 3000 nas últimas 24 horas. Percebam que por enquanto, você consegue comprar BRZ nessas exchanges apenas com outras criptomoedas, que no caso, é o Bitcoin ou o próprio Tether.

Onde armazenar meus Brazilian Digital Token?

Bom, se você pensa em comprar BRZ, provavelmente precisará de um local para guardá-los, certo? Portanto, o próprio site da BRZ deixa a recomendação de carteira, que é a Edge. Na Edge, além dos BRZ, é possível armazenar diversas outras criptomoedas, como Bitcoin, Ethereum, Litecoin, Monero, EOS, etc. E você ainda pode levar sua wallet no seu celular, seja através de um download no seu iPhone ou no seu Android (app gratuito). Não sabe que negócio é esse de “armazenar criptomoedas”, “wallet” ou “carteira”? Fique tranquilo (a)! Reservei aqui alguns posts que farão você entender tudo:

Principais características da Brazilian Digital Token

  • Estabilidade: com base nas reservas mantidas pelos chamados "Gerentes de Reserva", a estabilidade da moeda (ou seja, mantê-la sempre o mais próximo possível de R$ 1) será garantida pelos agentes de mercado;

  • Reservas: os Gerentes de Reserva sempre manterão as reservas completas, de forma que todo BRZ emitido possua lastro;

  • Blockchain: o BRZ é um token ERC-20, isto quer dizer que toda sua estrutura foi construída na Blockchain da Ethereum. Existem milhares de tokens ERC-20 hoje, mas infelizmente, a maioria não serve para nada. Vale a pena ler e entender o que são os tokens ERC-20;

  • Segurança: para garantir a segurança do ecossistema do Brazilian Digital Token, existe um contrato inteligente responsável pela emissão dos tokens BRZ, de acordo com a demanda que for surgindo de conversões em outras criptomoedas. Todas as transações criptográficas do ecossistema são verificadas pela Parsiq;

  • Transparência: as emissões dos tokens passarão por auditorias realizadas por uma empresa terceirizada, garantindo que não haja fraudes. Se não, qualquer um pode ficar emitindo vários tokens BRZ à vontade, trocar por Bitcoins e desaparecer!

  • Aceitação no mercado global: os tokens BRZ são desenhados para funcionar em qualquer exchange.

Qual sua opinião sobre o lançamento da BRZ? Acredita que o token pode se tornar tão útil quanto o Tether? Você, em suas transações, usaria o Tether ou o Brazilian Digital Token? Compartilhe sua opinião lá no Telegram, é só abrir um novo tópico e iniciar a conversa! E se tiver alguma dúvida, basta postar lá também, afinal, é um espaço aberto para todos os membros compartilharem sua experiência e tirar dúvidas, além de ser um ótimo local para consultar informações. Junte-se a nós clicando aqui!

#Altcoins

0 visualização

Escolha a forma de pagamento mais conveniente e clique no botão.